segunda-feira, 21 de outubro de 2013

James Spader e a sua Blacklist

Um anti-herói pode ser muito mais interessante, justamente pelas características que os diferem dos heróis clássicos. Um anti-herói é um personagem que costuma fazer quase sem querer, como se fosse o efeito colateral de escolhas egoístas, que sempre visam o benefício próprio, ou aguçam o seu interesse. 

No mundo das séries, por exemplo, temos House, Dexter e aquele que tinha tudo para ser herói, mas escolheu ser anti-herói, Mr. White, de Breaking Bad. As séries desses protagonistas acabaram, mas jamais os esqueceremos, porque eles fizeram bom uso do título de anti-herói.

The Blacklist
The Blacklist gira em torno de um ex-agente do governo que acaba como um dos fugitivos mais procurados pelo FBI, por ter se tornado um facilitador para os negócios de criminosos de todo o mundo. James Spader interpreta Raymond “Red” Reddington, que se oferece ao FBI para ajudar a capturar alguns dos criminosos para os quais presta serviços. A princípio, os agentes do FBI acreditam que tenham somente ticado um dos nomes da lista dos mais procurados. Porém, o acordo entre Reddington e o FBI se mostra muito mais complexo, tem de ser ao gosto do criminoso.

Reddington prova poder ajudar o FBI com a sua própria lista. Para tanto, ele precisa continuar a levar a vida de sempre, exercendo a sua função criminosa. Porém, o mistério se apresenta com outra exigência, a de que ele falará somente com a novata Elizabeth Keen, uma profiler (que traça o perfil dos criminosos) que não o conhece.

The Blacklist
Foram exibidos quatro episódios da primeira temporada. The Blacklist ganhou a temporada completa, de vinte e dois episódios, o que tem sido raro para as novas produções. O mistério em relação ao motivo de Reddington exigir trabalhar com Keen, e a forma como ele a conduz até que o FBI consiga capturar o criminoso da vez, mostra que esse é um mais anti-herói pronto para cair no gosto dos espectadores. James Spader, que emplacou um ótimo Alan Shore em Justiça Sem Limites (Boston Legal), traz o mesmo tom irônico para Reddington. 

Boston  Legal: Alan Shore (James Spader) e Denny Crane (William Shatner)
O que posso dizer, neste momento, é que The Blacklist é uma das estreias que mais me agradaram, das que me faz esperar ansiosamente pelo próximo episódio. Apesar de acompanhar a carreira de James Spader desde sempre, é a primeira vez que o vejo encarar um criminoso com potencial para se tornar um anti-herói dois mais apaixonantes. 

James Spader como Raymond "Red" Reddington


The Blacklist
Terça, às 21h
Canal Sony

0 comentários: