segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Ser mãe é um acontecimento

© Cíntia Duarte
Grávida aos dezoito, ela se perguntou como daria a notícia à mãe. Grávida trinta e um, como daria a notícia ao marido? Tendo como mote a gravidez em períodos distintos, duas Marias experimentam um momento catártico, quando lidam com a gravidez inesperada. E no qual a menina consegue lidar de forma muito positiva com a gravidez na adolescência, e a mulher transforma seus medos em ferramentas para se tornar a mãe que seus filhos merecem.

Mãe de Dois é comédia, espetáculo inspirado no livro homônimo da jornalista Maria Dolores, que nasceu do blog que ela iniciou quando ficou grávida do segundo filho, onde registrava situações cotidianas. Maria estava presente na estreia de Mãe de Dois, o que foi muito comovente. Ela também divide a direção de produção com Felipe Duarte. Confesso que fiquei com vontade de perguntar a ela como é ver uma obra de sua autoria – obra de blog, de livro e de filhos! – inspirar a criação de espetáculo tão especial.

No palco, Maria se torna duas, a adolescente e a adulta, e elas dividem não apenas o cenário, mas também muitos questionamentos, levando-nos a refletir sobre os diversos papéis que a mulher moderna vem desempenhando na atualidade, quando é preciso equilibrar a vida profissional com a maternidade. 

Rebeca Reis interpreta a Maria adolescente, que tem de aprender a lidar com as questões que a gravidez lhe traz, como criar um filho e fazer faculdade. Não que isso interfira na sua personalidade. Ela continua com seus desejos e sonhos de adolescente, e quando o bebê nasce, apaixona-se por ele.

Flávia Monteiro interpreta a Maria adulta, às voltas com a segunda gravidez. Mais experiente como mãe e profissional, ela aproveita de forma mais abrangente a jornada de estar grávida. Obviamente, essa abrangência toda traz os conflitos à tona. E são justamente os conflitos de ambas as Marias que dão a leveza da comédia ao espetáculo.

Flávia Monteiro e Rebeca Reis estavam em sintonia. Não fosse isso, o espetáculo não teria o ritmo necessário para que as Marias abordassem situações idênticas, mas com pontos de vista diferentes, por conta do tempo, e que isso fosse impactante, num tom bem-humorado.

Para mim, foi muito bacana ver a Flávia Monteiro no palco, atriz que só conhecia da televisão, que sempre achei muito talentosa. Ela está ótima em Mãe de Dois. Rebeca Reis me fez esquecer que ela é tão jovem, ainda que interpretando uma adolescente. Não foi a primeira vez que a vi no palco, mas foi quando percebi que ela é das atrizes capazes de encarar, e graciosamente, qualquer personagem.

Quando eu soube do espetáculo, do que se tratava, decidi não ler o livro ou o blog, antes de conferir o Mãe de Dois. Mas isso eu vou resolver daqui a pouco.

Mãe de Dois é um ótimo agrado ao espectador. E nem pense que é espetáculo somente para mães ou mulheres, pois nisso eu prestei atenção: os homens que estavam presentes se divertiram muito. Gargalharam até. Sendo assim, espero que todos compareçam ao espetáculo e se permitam rir e emocionar com essa história sobre ser mulher se transformando em mãe justo quando está começando a descobrir o mundo. E ser mãe e profissional, ocupada com tantos afazeres, tendo descoberto muito sobre o mundo, mas ainda com muitas perguntas sem respostas. 



MÃE DE DOIS

Até 6 de abril
Sexta – 22h45
Sábado – 20h
Domingo – 20h

LOCAL
Teatro Gazeta
Av. Paulista, 900 – São Paulo | SP

INGRESSOS
Clique aqui para comprar


FICHA TÉCNICA

TEXTO
Martha Mendonça e Nelito Fernandes
Inspirado no livro MÃE DE DOIS, de Maria Dolores

ELENCO
Flávia Monteiro
Rebeca Reis

DIREÇÃO
Luiz Antônio Pilar

FIGURINO
Helena Affonso

ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO E PREPARAÇÃO DE ELENCO
Marco Bravo

TRILHA SONORA
Felipe Duarte e Bruno Morais

PARTICIPAÇÃO NA TRILHA SONORA
Deyvid Castro e Alessandro Brito

DESENHO DE LUZ
Toninho Rodrigues

PREPARAÇÃO CORPORAL
Paula Sousa

DESIGN GRÁFICO
Milton Lima

CENOGRAFIA
Carolina de Freitas

FOTOGRAFIA
Cíntia Duarte

EXECUÇÃO DE CENÁRIO
Cíntia Duarte

OPERADOR DE SOM
Matheus Silva Chaves

TÉCNICO DE PALCO 
Rui Silva

PRODUÇÃO
Zita Terra e Betina Duarte

PRODUÇÃO EXECUTIVA
Mariana Mariano e Paula Terra

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO
Felipe Duarte e Maria Dolores



0 comentários: