Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

O fantástico universo de Tati

Imagem
Tatiana Belinky nasceu na Rússia, e veio para o Brasil aos dez anos de idade. É escritora, tradutora, poeta, dramaturga, e as suas obras voltadas ao universo da criança são as mais celebradas. Aos noventa e três anos de idade, detentora de vários prêmios, ela ainda é a menina contemplando o universo de personagens como os que a inspiraram a se tornar escritora e a mergulhar no universo infantil. Um punhado de letras para enfeitar os cabelos de Tati  é uma homenagem a essa mulher com uma história de vida tão rica quanto as que vem criando para os seus livros.  O espetáculo, escrito e dirigido por Rony Guilherme, aborda os principais eventos da vida de Tatiana Belinky de uma maneira lúdica, assim como a sua obra, fazendo com que a menina Tati contracene com os seus personagens preferidos, como se eles tivessem saltado das páginas dos livros para a realidade dela. Durante o espetáculo, os adultos entre o público presente, acabam por revisitar a infância. E não somente como

De Mr. Darcy à assassina fabricada

Imagem
Depois de grandes sucessos, Joe Wright deu um passo adiante com Hanna (2011), estreando o seu primeiro thriller de ação. O diretor de Orgulho e Preconceito (Pride and Prejudice/2005), Desejo e Reparação (Atonement/2007) e O Solista (The Soloist/2009), vale-se do seu talento de contador de histórias guiadas pela emoção para fazer um filme no qual a personagem central é resultado de um treinamento militar rígido, sendo também transformada em uma assassina quase perfeita. Hanna (Saoirse Ronan) foi criada pelo pai, Erik Heller (Eric Bana), um ex-agente da CIA, em uma área remota da Finlândia. Nas primeiras cenas, ao vermos a menina com a expressão tão distante, pensamos que se trata somente de melancolia, afinal, ela vive no meio do nada, e o único contato que tem é com seu pai. Porém, não tarda para descobrirmos que, na verdade, Hanna foi treinada para ser assim, o que a ajudaria a executar o plano de assassinar a espiã da CIA, Marissa Wiegler ( Cate Blanchett). O talento de Joe Wr